Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Becoming Farmer

Diário de um apaixonado pela natureza, meio ambiente e que se está a tornar agricultor

Becoming Farmer

Diário de um apaixonado pela natureza, meio ambiente e que se está a tornar agricultor

Aquecimento global atinge o limite de +1,5°C já em 2030 ?!!!

André, 21.09.21

Incêndios florestais, inundações, secas, ondas de calor e outras catástrofes naturais têm assolado as populações um pouco por todo o mundo. A ciência é inequívoca; um aumento global de 1,5°C acima da média pré-industrial e a perda contínua de risco de biodiversidade podem causar danos catastróficos à saúde que serão impossíveis de reverter.

 

O que podemos mudar para evitar o rumo que estamos a tomar?

Que mais evidências é que as pessoas que estão no poder precisam para agirem?

 

Uma busca desenfreada pelo sucesso, pelo desenvolvimento e uma economia obstinada têm contribuído para continuarmos a ignorar os avisos que temos recebido nas últimas décadas da ciência climática.

 

O mais recente relatório apresentado pelo IPCC (Intergovernmental Panel on Climate Change) mostra que os eventos extremos e o aquecimento estão a decorrer mais rapidamente do que se previa. É provável que o aquecimento global atinja +1,5°C entre 2030 e 2052, caso continue a aumentar ao ritmo atual. A ONU alerta que os compromissos assumidos pelos Estados signatários do acordo de Paris estão a conduzir o mundo a um aquecimento global “catastrófico” de +2,7°C até ao fim do século, longe do objetivo de 1,5°C.

 

Prevê-se que os riscos para a saúde, meios de subsistência, segurança alimentar, abastecimento de água, segurança humana aumentem com o aquecimento global de 1,5°C, ou que os impactos sobre a biodiversidade e ecossistemas, incluindo perda e extinção de espécies, sejam incalculáveis se ultrapassarmos a meta dos 1,5°C.

Outra das conclusões é a importância que tem o metano no aquecimento. Metano esse em que uma das principais fontes é a produção de gado para consumo humano. Tudo terá de mudar, e com certeza o que colocamos no prato é fundamental para travar a crise.

 

O que é realmente importante?

A pandemia Covid-19 desafiou-nos a encontramos soluções rápidas e sem precedentes para salvar vidas. A crise climática precisa desse investimento e de todos os esforços para travarmos a degradação acelerada do planeta.

 

Um pouco por todo o mundo há cada vez mais iniciativas que visam sensibilizar os grandes decisores e todos nós para o grande desafio das nossas vidas, travar o aumento do aquecimento global.

 

Dia 22 de Setembro celebra-se o dia Europeu sem carros. Esta iniciativa tem como objetivo sensibilizar para a redução do tráfego rodoviário dentro das cidades, de forma a promover a qualidade de vida e garantir a sustentabilidade dos recursos naturais.

 

Dia 24 de Setembro, o Fridays for Future dará mais um passo rumo ao encontro com a sociedade civil. Convocam todas as pessoas a irem para as ruas para um grande ato cívico para pedir ações mais efetivas contra a crise climática. Estas marchas são transversais e realizar-se-ão em todos os países. Aqui pode consular todas as cidades aderentes.

GlobalStrike_1.jpg

Lista de cidades Portuguesas:

GlobalStrike_2.jpg

Referências:

  1. IPCC, Intergovernmental Panel on Climate Change. Disponível aqui.
  2. Fridays For Future. Disponível aqui.
  3. Earth Overshoot day. Disponível aqui.