Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Becoming Farmer

Diário de um apaixonado pela natureza, meio ambiente e que se está a tornar agricultor

Becoming Farmer

Diário de um apaixonado pela natureza, meio ambiente e que se está a tornar agricultor

Aveleira | clima

André, 27.01.21

O consumo de frutos secos aumentou mais de 53% nos últimos 10 anos. Este aumento da procura deve-se a um maior conhecimento dos benefícios que este alimento tem na saúde. Estudos revelam que os frutos secos podem ajudar a diminuir o risco de doenças cardiovasculares e até o cancro.

 

A produção deste tipo de cultura (avelã, amêndoa, noz, amendoim) tem algumas exigências climáticas, que fazem com que a produção seja maior quando as condições aproximam-se das ideais.

 

A aveleira é uma planta de clima temperado. As temperaturas médias anuais para o seu desenvolvimento oscilam entre 23-27º C durante o dia e 16-18º C durante a noite no verão, e temperaturas mínimas invernais não inferiores a -8º C.  

Apesar de existirem cultivares com diferentes graus de resistência ao frio, a aveleira é uma fruteira relativamente resistente às geadas, necessitando de 700 a 1200 h de frio (entre Outubro e Abril abaixo de 7º C).

 

O número de horas de frio varia para as flores masculinas e femininas: as flores masculinas requerem entre 100 e 800 horas de frio para um adequado desenvolvimento, enquanto as femininas exigem entre 250 e 1500 horas de frio dependendo da cultivar.

O conhecimento das necessidades de frio das diferentes variedades permite ao produtor escolher as mais indicadas para a sua região

 

Que desafios enfrentamos?

Sabemos que o impacto das atividades humanas, nomeadamente a queima de combustíveis fósseis, o abate da floresta tropical e a pecuária, no clima e na temperatura da Terra é cada vez maior. As enormes quantidades de gases com efeito de estufas provenientes destas atividades juntam-se às naturalmente presentes na atmosfera, reforçando o efeito de estufa e o aquecimento global.

               

A desflorestação, por sua vez, é causada por atividades de produção altamente intensivas e poluentes, nomeadamente a agropecuária intensiva.

 

Numa altura em que deparamo-nos com épocas de frio ou calores extremos, tempestades, tufões,… será que devemos apostar numa cultura que pede um clima temperado e que terá retorno a médio/longo prazo?

Acredito que todos devemos fazer um pouco e contribuir para reverter a tendência catastrófica que o planeta está a levar, e também por isso decidi apostar (e continuarei a fazê-lo) na produção de Avelã em Modo de Produção Biológico.

O que eu faço é uma gota no meio de um oceano. Mas sem ela, o oceano será menor.

        == Madre Teresa de Calcutá ==

 

Quem tem árvores de fruto ou apenas por curiosidade, pode como ferramenta de auxílio acompanhar no site do ipma as horas de frio nas várias regiões de Portugal, e podemos ver a sua evolução ao longo dos meses (Outubro a Abril).

Horas frio_1Out2020-24Jan2021.png

Referências:

  1. A Aveleira, Projeto AGRO 162
  2. Aveleira: Estado da Produção. CNCFS
  3. Instituto Português do Mar e Agricultura. Disponível aqui