Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Becoming Farmer

Diário de um apaixonado pela natureza, meio ambiente e que se está a tornar agricultor

Becoming Farmer

Diário de um apaixonado pela natureza, meio ambiente e que se está a tornar agricultor

Por dentro dos benefícios da batata-doce

André, 27.05.21

A batata-doce é um tubérculo originário da América Central e do sul e constitui parte da dieta alimentar dos seres humanos desde há muitos milénios. Este alimento tem uma enorme riqueza nutricional, que o lhe confere propriedades benéficas para a saúde.

 

Em Okinawa no Japão, uma das consideradas Zonas Azuis, e onde as pessoas têm vidas longas e saudáveis até aos 100 anos, um dos produtos da sua base alimentar é a batata-doce roxa. Tal como os outros tipos de batatas-doces, contém um antioxidante chamado sporamin, com várias e potentes propriedades de anti-envelhecimento. Porém, a versão roxa é mais rica em antioxidantes do que as suas primas de outras cores.

 

Alguns dos benefícios são descritos pela coordenadora de Nutrição Clínica do hospital dos Lusíadas, a Drª Ana Rita Lopes:

  • Elevado teor em vitaminas - A batata-doce tem um elevado teor em vitaminas, especialmente betacaroteno;
  • Estimula a produção de melanina na pele;
  • Dá maior resistência a infeções - O elevado teor em vitaminas antioxidantes (A, C e E) confere à batata-doce propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, contribuindo para a estimulação do sistema imunitário e maior resistência a infeções;
  • Reduz a absorção de colesterol devido ao seu elevado teor em fibra;
  • Regulação da glicemia - A fibra solúvel atrasa a absorção dos açúcares, conferindo à batata-doce um Índice Glicémico (IG) inferior ao da batata comum, o que permite uma maior regulação dos níveis de açúcar no sangue;
  • Nutrição desportiva - A batata-doce é muito consumida pelos desportistas pela libertação lenta de açúcar sangue;
  • Versatilidade - Pode ser confecionada de diversas formas: cozida, assada, em puré, frita, como alternativa no prato principal à batata comum, do arroz, da massa, etc. Pode ainda ser utilizada na confeção da base das sopas.

 

Estes e outros benefícios têm sido amplamente divulgados, o que tem originado um aumento do consumo e consequentemente da produção.

batata_doce.jpg

Atualmente, os dez maiores países produtores de batata-doce são a China, Nigéria, Tanzânia, Etiópia, Indonésia, Uganda, Vietname, EUA, Índia e Ruanda (Worldatlas, 2018).

 

Apesar do aumento de produção também em Portugal, prevê-se que a procura não seja satisfeita pela produção em território nacional, havendo necessidade de recorrer à importação tanto de materiais para plantação, como para consumo.

 

Partilho uma foto da minha plantação de batata-doce feita há  poucas semanas. A colheita deverá ocorrer entre 90 a 120 dias após a plantação, sendo um dos principais sintomas de que as batatas doces estão prontas a ser colhidas, a cor amarelada da rama, ao invés da cor verde predominante.

plantacao_batata.jpg

 

 

Alimentação de longevidade

André, 01.08.20

Existem no mundo lugares especiais onde as pessoas têm vidas longas e saudáveis, são as chamadas Zonas Azuis, onde se vive normalmente até aos 100 anos. Estas áreas (como Okinawa no Japão, Sardenha em Itália ou Icária na Grécia) têm sido objeto de uma extensa investigação para se perceber os fatores que influenciam a longevidade desta população.

 

Queremos ter uma vida longa e saudável?

As Zonas Azuis fez mais de 150 pesquisas dentro das comunidades com as pessoas mais velhas do mundo, para descobrir os segredos da sua longevidade.

ZonasAzuis_Alimentação.jpg

Os 4 alimentos que recomendam consumir sempre:

  • 100% de grãos integrais: quinoa, arroz integral, aveia, bulgur, farinha de milho;
  • Frutos secos e sementes: uma mão cheia por dia
  • Legumes e leguminosas: Uma chávena de leguminosas cozidas por dia
  • Frutas e Legumes: 5-10 porções por dia

 

As tentações são muitas e vêm de todo o lado, mas devemos evitar estes 4 alimentos:

  • Bebidas adoçadas com açúcar: calorias vazias
  • Lanches salgados (batatas fritas, etc): muito sal e conservantes
  • Doces embalados (rebuçados, biscoitos embalados e doces): calorias vazias, conservantes, aditivos
  • Carnes processadas (fiambre, bacon, salsicha, carnes frias): aumentam o risco de cancro colorretal e doenças cardíacas

 

Pode conhecer melhor o projeto das Zonas Azuis e consultar todas as guidelines aqui.

 

Referência:

  1. Blue Zones, Four Always, Four to Avoid